Terça, Maio 30, 2017
   
Text Size

"Família Saúde" – Queda de Cabelo

A queda de cabelo geralmente desenvolve-se gradualmente e pode ser irregular ou generalizada (difusa). A presença das chamadas “peladas” ou a diminuição do volume, são os sinais mais preocupantes. Por dia são perdidos aproximadamente, cerca de 100 cabelos da cabeça, que são repostos naturalmente ou não. O couro cabeludo contém aproximadamente 100.000 cabelos.

Existem vários factores que influenciam a queda capilar:

Idade
Há redução dos folículos capilares com o avançar da idade. Além disso, o cabelo torna-se mais fino, o que reduz o volume capilar.

Stress
Para algumas pessoas, o aumento do stress pode ter um efeito grave na saúde do seu cabelo e poderá tornar-se um ciclo vicioso: este afecta o ciclo capilar e o seu efeito pode provocar bastante stress na pessoa que sofre deste problema.

Existem alguns métodos simples e eficazes para melhorar o seu quotidiano: fazer exercício, ter pensamentos positivos, não ser inflexível e dormir bem.

Medicação
Certos medicamentos podem ter efeitos secundários que afectam o crescimento de um cabelo saudável. Se notar aumento da queda de cabelo após a toma de um novo medicamento, deve procurar esclarecimentos junto do seu farmacêutico.

Má alimentação
Uma dieta rica em proteínas, vitaminas e minerais é fundamental para um crescimento capilar saudável. Uma dieta pobre em proteínas é muitas vezes o motivo pelo qual as pessoas sofrem de queda de cabelo, já que um regime alimentar deficiente afecta o novo crescimento. O folículo capilar é um tecido não essencial e, por isso, é um dos últimos tecidos a receber nutrientes. Quaisquer deficiências a longo prazo poderão levar à perda de cabelo prematura.

Alterações hormonais
As alterações hormonais podem afectar o ciclo de crescimento capilar saudável.

Pós-gravidez
Apesar de ser um processo maravilhoso e natural, não deixa de ser um processo que provoca stress no organismo. Consequentemente, é comum que, após o parto, o cabelo fique mais fino ou caia em certas zonas à medida que os níveis hormonais do organismo normalizam. Contudo, esta é normalmente uma situação temporária e deverá inverter-se por si só em pouco tempo.

Contraceptivos
A pílula é o contraceptivo mais utilizado pelas mulheres; uma mistura de progesterona e de estrogénio podem ter um efeito secundário ocasional que afecta o crescimento capilar saudável para quem tem um historial hereditário de perda de cabelo.

Uso excessivo de produtos capilares
Os aerossóis, tintas, ferros para cabelo e frisadores podem parecer fundamentais para a beleza do cabelo a curto prazo, mas não se esqueça de que o uso excessivo de qualquer um destes acessórios pode resultar em danos no cabelo a longo prazo.

Tabaco
O tabaco afecta o crescimento capilar saudável. Foi provado que fumar tabaco pode causar problemas de circulação, o que pode afectar o fluxo sanguíneo disponível para os folículos de cabelo no couro cabeludo.

Anabela Mascarenhas e Fernanda Marques

Leia mais: O que é a Calvice Masculina | Perda de Cabelo