Sábado, Fevereiro 25, 2017
   
Text Size

“Familia Saúde” – Acompanhamento farmacoterapêutico

O século XX trouxe um aumento da esperança de vida à nascença e consequentemente um envelhecimento da população, provocando uma alteração drástica no padrão de doenças da população. Actualmente, as doenças crónicas (exemplos: hipertensão e diabetes) e incapacitantes ultrapassam as agudas e lideram as causas de doença e de morte. Desta forma, a utilização de medicamentos aumentou exponencialmente. Estes factos despoletaram o desenvolvimento de uma nova prática farmacêutica, cujo foco é o doente que utiliza ou vai utilizar medicamentos. Com este serviço o farmacêutico pretende estimular a correcta utilização dos medicamentos, prevenindo efeitos secundários, duplicações da medicação e interacções medicamentosas. Com um trabalho de equipa entre farmacêuticos, doentes e médicos é possível reduzir a morbimortalidade associada aos medicamentos e aumentar a qualidade de vida dos doentes.

Hipertensão

Um estudo português realizado em 2007, estimou a existência de cerca de 42,1% de hipertensos em Portugal, dos quais apenas 11,2% tinham a sua tensão arterial controlada. Números assustadores se considerarmos que a pressão arterial elevada é uma doença de alto risco, à qual se atribui, aproximadamente, 51% de mortes por Acidente Vascular Cerebral. Desta forma nunca é demais alertar para a importância da alimentação saudável, do exercício físico regular e da automonitorização da sua pressão arterial. A sua farmácia pode ajuda-lo a atingir os seus objectivos. Com pequenas alterações no estilo de vida conseguem-se melhorias significativas no controlo da hipertensão e consequentemente, melhorias na sua qualidade de vida.

Diabetes

Em Portugal existem cerca de 13% de doentes diabéticos e destes cerca de 90% apresentam excesso de peso ou obesidade. A Diabetes começa por ser uma doença silenciosa, que aos poucos e poucos vai danificando os vasos sanguíneos, os olhos e os rins, causando danos irreversíveis caso não seja controlada. Nunca é demais relembrar que a Diabetes tipo 2 pode ser prevenida através de padrões alimentares correctos, da prática de exercício físico, e da redução do peso para valores ideais. Tudo isto pode ser controlado na farmácia e posteriormente ser autoavaliado em casa.

Anabela Mascarenhas e Ana Cabral